IGAE autua na cidade de Assomada discotecas que realizam matinés para estudantes em pleno horário das aulas

Numa visão de que a actividade económica não deve promover degradação da nossa sociedade mas sim, desenvolvimento, a IGAE realizou com o apoio da Polícia Nacional e Delegação da ICCA de cidade de Assomada, uma acção de inspecção nas discotecas que realizam duas vezes por semana matinés para estudantes em pleno horário das aulas.

Nesta investida, que irá continuar para os próximos dias, foram apanhados vários estudantes uniformizados com idades compreendidas entre 15 e 17 anos dentro das discotecas, numa clara ofensa a lei 27/V/97 de 23 de Junho e das demais leis e regulamentos que disciplinam as actividades económicas.

Os estudantes foram retirados das discotecas e conduzidos à esquadra da Polícia para identificação dos seus responsáveis. A discoteca incorrerá de um processo contra-ordenacional e poderá ser coimada num valor de um milhão de escudos e ver a sua actividade suspensa por um período máximo de 90 dias. 

A IGAE alerta aos Operadores Económicos deste ramo de actividade, aos encarregados de educação, aos professores, as autoridades locais e a sociedade em geral que denunciem estas práticas para que sejam atempadamente posta fim por forma a evitar as consequências sociais que derivam destas práticas, como sendo o consumo de bebidas alcoólicas, drogas, gravidez precoce, pequenos crimes e contra-ordenações, abandono escolar, vandalismo, instabilidade familiar.

 

 IGAE, EM DEFESA DA ECONOMIA NACIONAL E DA SAÚDE PÚBLICA.